Conferência de Imprensa sobre a Reunião no Salão Oval da Casa Branca

Declaração de Abertura do Embaixador

Tulinabo Mushinhgi

Conferência de Imprensa sobre a Reunião no Salão Oval da Casa Branca

6 de Dezembro de 2023

 

Bom dia!!! Obrigado por se juntarem a mim hoje para a oportunidade de falar com todos os senhores sobre a reunião do Presidente Lourenço com o Presidente Biden na última quinta-feira na Salão Oval.

Esta reunião encerra um ano verdadeiramente histórico de envolvimento e parceria com Angola que coincide com o aniversário de 30 anos das laços diplomáticas.

É uma transformação profunda no nosso relacionamento. E isso deve-se, em parte, à liderança e visão do Presidente Lourenço, e em parte, ao considerável compromisso da Administração Biden-Harris em investir nesta parceria através de engajamentos de alto nível, nos acordos de grandes infra-estruturas e económicos, e a colaboração transversal numa série de prioridades globais e regionais.

Como disse o Presidente Biden, “a parceria entre Angola e a América está mais importante e mais impactante do que nunca”.

E a reunião da semana passada foi uma oportunidade para falar sobre o futuro da parceria EUA-Angola:

  • Lobito: Isto inclui mais de mil milhões de dólares de investimento no transformador Corredor do Lobito – sendo este o maior investimento ferroviário na história dos EUA na África Subsaariana.
  • Energia: Inclui também mais de 2 mil milhões de dólares em investimentos para projectos de energia solar e o nosso compromisso de organizar um Diálogo de Segurança Energética no próximo ano.
  • Infra-estruturas: No que diz respeito às infraestruturas, os dois presidentes discutiram o investimento e o financiamento dos EUA para construir mais de 180 pontes em zonas rurais de Angola.
  • Digital: No domínio da Economia Digital, os líderes discutiram a ajuda para ligar os Angolanos à economia digital, por exemplo, através do nosso programa Dinheiro Digital É Melhor (ou seja DDM) com a empresa Africell.
  • Agricultura: E na agricultura e na segurança alimentar, discutiu-se os esforços para apoiar o objectivo de Angola de se tornar um exportador líquido de alimentos até 2027 através de investimentos no sector, particularmente ao longo do Corredor do Lobito.
  • Segurança Regional: Por último, os presidentes falaram sobre o nosso trabalho crítico conjunto para enfrentar os desafios de segurança regional. O Presidente Biden elogiou a liderança diplomática do Presidente Lourenço, incluindo o trabalho em prol da paz no leste da RDC.

Durante a visita, o Presidente Biden teve o prazer de anunciar que Angola assinou os Acordos Artemis, um conjunto de princípios que promovem uma visão comum de exploração espacial pacífica para o benefício da humanidade. Deste modo, Angola tornou-se o terceiro país africano a fazê-lo – reflectindo o progresso do programa espacial de Angola e o potencial para cooperação futura.

Esta reunião extraordinariamente bem sucedida entre os presidentes dos EUA e de Angola reflecte o compromisso da Administração Biden em envolver os nossos parceiros africanos nas nossas prioridades comuns.

Como disse o Presidente Biden: “A América está totalmente apostada em África. E estamos todos com Angola”.