Morte de um cidadão americano

No evento da morte de um cidadão Americano em Angola, por favor contacte a Embaixada dos Estados Unidos. Se nenhum familiar estiver presente, a Seção Consular vai contactar o familiar mais próximo nos Estados Unidos. A Seção Consular pode apoiar os familiares na busca de soluções para a disposição dos restos mortais. Por favor, tome nota que não há fundos do Governo dos Estados Unidos disponíveis para cobrir as despesas evolvidas. Nós também vamos emitir o “ Consular Report of Death Abroad” Registo de Óbito, que é um documento oficial que pode ser usado nos Estados Unidos para resolver todas as questões legais relacionadas com os bens e seguro do falecido. Para podermos emitir o “Consular Report of Death”, é necessário um Certificado de Óbito Angolano. Para mais informação sobre Mortes no Estrangeiro acesse a página da web do Departamento de Estado.

Se a família desejar enviar os restos mortais para os Estados Unidos, por favor saiba que o processo de preparação e envio dos restos mortais para os Estados Unidos é complexo e pode ser muito caro. Os familiares do falecido são responsáveis por todas as despesas. Para mais informação, verifique mais abaixo o Relatório de Disposição dos Restos Mortais para Angola.

Por favor veja a lista das agências funerárias. (PDF 190 KB)

Por favor peça á agência funerária para não fazer nenhum preparativo sobre a disposição dos restos mortais até receber instruções da família ou da Embaixada.

A informação geral que se segue serve para ajudar os familiares nas decisões iniciais. Os valores indicados são estimados com base em mortes de circunstâncias normais, e devem ser considerados apenas como guia. Clique no link abaixo. Disposição dos Restos Mortais (PDF 216 KB)